ACSvariaveis

/ Tutoriais

Actionscript 3 Básico – Variáveis

Tutorial Actionscript 3

Variáveis são elementos fundamentais para o desenvolvimento de projetos em qualquer linguagem de programação. Ao trabalharmos na criação de sites por exemplo, podemos desejar armazenar o carrinho de compras do usuário. Ou no desenvolvimento de jogos, a pontuação ou o life do jogador. Tudo isso é feito com a utilização de variáveis.

Provavelmente, para quem está começando, será difícil perceber a aplicação e flexibilidade que as variáveis oferecem, mas não se preocupe, veremos diversas aplicações ao longo dos demais artigos.

Variáveis são elementos que criamos dando um nome, e que ao longo da execução do programa podemos acessar e alterar o seu valor.

A criação de uma variável no Actionscript 3 segue a sintaxe a seguir:

Variáveis possuem um tipo, que define a forma como o valor armazenado por elas deve ser interpretado. No Actionscript 3 os principais tipos de variável são:

  • Numéricas : Armazenam números. Os tipos numéricos do Action Script 3 são int (valores números inteiros) ou Number (valores inteiros e decimais).
  • Textuais : Armazenam textos. O tipo textual do Action Scrtip 3 é String.
  • Booleanas : Armazenam o valor verdadeiro (true) ou o valor falso (false). O tipo booleano do Action Script 3 é Boolean.

Para atribuir valor a uma variável utilizamos a sintaxe a seguir:

onde expressão pode ser um valor constante (fixo), uma variável, uma chamada a uma função que retorne um valor, ou uma expressão, como por exemplo 1 + 1.

Atenção: o operador “=” significa atribuição e não comparação. É bastante comum confundir esse significado. Vejamos alguns exemplos:

Observação 1: em action script, tudo que estiver após // em uma linha ou entre /* e */ é ignorado pelo Flash. Utilizamos isso para comentar o nosso código, facilitando assim tanto nosso entendimento, quando pegamos um código antigo para dar manutenção, quanto o entendimento de outra pessoa que venha a utilizar nosso código.

Observação 2: Para escrever um código em Action Script, selecione a frame desejada e tecle F9 ou acesse Window -> Actions. Uma boa prática é criar uma layer exclusiva para conter as frames com os códigos Action Script. Quando a reprodução do filme atingir a frame onde o código está escrito, o código será executado sequencialmente, de cima para baixo (na nossa ordem de leitura), e as ações que ele define serão tomadas.

Nesse exemplo introduzimos o uso do comando trace(). O trace é uma função do flash para exibir um conteúdo na janela output. Sempre que executamos um projeto no flash (use ctrl+enter para executar o projeto) todos os comandos trace() presentes no nosso projeto direcionarão mensagens para a janela output. O conteúdo exibido pelo comando trace corresponde ao que especificamos entre o ‘(‘ e o ‘)’, podendo ser um texto, uma variável, uma chamada a uma função, ou uma expressão. O trace() é muito útil para entendermos o funcionamento do código (e também para corrigirmos BUGs!), pois ele fornece pra nós uma visão do que está se passando ao executar o programa.

Atenção: alguns dos tutoriais estão com imagens do Adobe Flash CS3 (o que é bem antigo), mas não se preocupe, pois os mesmos conceitos se aplicam as versões mais novas do Flash, e a interface das versões mais novas também são bem parecidas com as do Flash CS3.

Exemplos:

Comando trace("James Tiberius Kirk") e o resultado na janela output

Comando trace(“James Tiberius Kirk”) e o resultado na janela output

Sugiro ao leitor, testar outros exemplos:

É importante perceber a diferença entre valores constantes e variáveis. Números e textos especificados entre aspas são constantes. O comando trace(“texto”); sempre exibirá na saída o resultado “Texto”. Já o comando trace(texto); exibirá o conteúdo da variável texto, que poderá ser alterada pelo seu programa.

Ao criar uma variável você deve respeitar algumas regras:

  1. Nomes de variáveis devem sempre começar com letra, e usar letras, números ou “_”. Exs. certos: carro, nome1, info_jogador; Exs. errados: 1nome, info-jogador, carro#.
  2. Variáveis não podem ter o mesmo nome de nenhuma palavra reservada. As palavras reservadas são aquelas que compõem a linguagem. Vimos nesse artigo a palavra “var” que é utilizada para criação de uma variável. “var” é um exemplo de palavra reservada.

Por fim, você deve saber que o Actionscript 3 é uma linguagem “case-sensitive”, ou seja, letras maiúsculas e minúsculas fazem diferença. Assim, “N” é diferente de “n”, trace é diferente de TRACE ou trAce. Tenha atenção como relação a isso ao escrever os seus códigos.

No próximo artigo falaremos sobre objetos, que são tipos mais complexos de variáveis. Em caso de dúvidas, sinta-se a vontade em perguntar!



Arivan Bastos

Analista de sistemas, desenvolvedor Web e de games. Possui domínio de PHP, SQL e ActionScript 3. Possui conhecimentos avançados em Starling Framework, Corona SDK e Yii Framework. Atua na Virtualize na criação de sites, desenvolvimento de jogos, desenvolvimento de aplicativos mobile e desenvolvimento de aplicativos para redes sociais.